111

25 de janeiro de 2011

Sweet Pimenta.


Sou doce, mas posso ser BEM amarga. Chocolate, mas também posso ser pimenta. E não é pimenta doce, vai por mim! Consigo ser perfeita e imperfeita dentro de um corpo só. Não se pode ter tudo, não é mesmo? Meus defeitos não são poucos, nem fáceis de se lidar. Você tem paciência? Não me cobre nada, detesto cobrança, deixa que eu sei o que fazer e quando fazer. É como já dizia Clarice: "Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro". Faço sempre o melhor que posso, o que, ainda assim, pode não ser o suficiente pra alguns, mas isso já não depende de mim... Minha vida é regida por um único fator, o tempo. O meu tempo. Tenho uma perseguição intuitiva do conceito teórico e prático da felicidade. Mas essa descoberta não é feita sozinha, ao contrário dos que afirmam a solidez do meu coração, ele sabe perfeitamente a quem comporta. E só há uma razão pela qual levo pessoas tão pesadas com tanto amor dentro de mim: confiança. E assim vou vivendo, feliz e amadurecendo com a esperança de que a cada dia, serei um pouco mais feliz. E inteira

Nenhum comentário:

Postar um comentário